ABIMDE

News - Learn all about ABIMDE here

Linha de produção do Gripen alavanca a indústria de defesa nacional, diz José Mucio

O Ministro da Defesa, José Mucio, acompanhou o Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia de inauguração da linha de fabricação do F-39 Gripen, na Embraer
By Ministério da Defesa. Updated on 05/16/2023 - Published in 05/16/2023
See also
SC ExpoDefense: Setor de Defesa e Segurança Impulsiona Economia Brasileira By ABIMDE Updated on 05/16/2023 - Published in 05/16/2023
ABIMDE participa de reunião do Fórum Nacional da Indústria By ABIMDE Updated on 05/16/2023 - Published in 05/16/2023
Mobilização Nacional e Militar é tema de plenária da ABIMDE By ABIMDE Updated on 05/16/2023 - Published in 05/16/2023
#SomosABIMDE: Conheça a RUD Correntes Industriais By ABIMDE Updated on 05/16/2023 - Published in 05/16/2023
See more

Na última semana, o Ministro da Defesa, José Mucio, acompanhou o Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva na cerimônia de inauguração da linha de fabricação do F-39 Gripen, na Embraer, em Gavião Peixoto (SP). O projeto estratégico de defesa, conhecido como F-X2, é uma parceria entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e a empresa sueca Saab para a aquisição de 36 aeronaves, que ampliarão a capacidade de defesa aérea do país. O investimento no desenvolvimento dos equipamentos - cerca de R$ 19 bilhões (total do contrato, conversão em câmbio atual) - alavanca a indústria de defesa nacional, por meio de programa de transferência de tecnologia, promove maior autonomia tecnológica e gera cerca de 13 mil empregos diretos e indiretos.

O ministro José Mucio ressaltou o trabalho da Defesa em prol do parque industrial brasileiro e a posição do Brasil no desenvolvimento de equipamentos dessa natureza. "Essa parceria proporciona, ainda, ao Brasil a necessária transferência de tecnologia de ponta, permitindo, hoje, a inauguração de uma linha de produção da aeronave em solo nacional. Destaco que poucos países no mundo possuem esta capacidade". Enfatizou, também, sobre a responsabilidade da pasta e a compatibilidade com o tamanho do país. "A aquisição dos caças Gripen traz para a Força Aérea, em particular, e para o Brasil, no sentido mais amplo, a aquisição de novos horizontes na capacidade de prover uma defesa aérea compatível com as dimensões continentais do Brasil".

Homem de terno e gravata em frente a computador

Descrição gerada automaticamente

Antes da cerimônia, a comitiva presente percorreu a linha de montagem da aeronave, na qual serão desenvolvidas 15 das 36 unidades adquiridas pela FAB, Naquele local, o Presidente Lula realizou o descerramento da placa de inauguração do setor. Já durante a cerimônia, foi apresentado um vídeo institucional sobre a parceria e sobre os benefícios do Programa Gripen para a indústria brasileira, além do papel fundamental da Embraer na produção do equipamento. Autoridades brasileiras e suecas discursaram, enfatizando o orgulho da cooperação entre os dois países.

Uma imagem contendo atletismo, em pé, mulher, grupo

Descrição gerada automaticamente

O Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, falou sobre a relevância do marco histórico alcançado para a Força e para o Estado. "Orgulhosamente, reconheço que essa fecunda parceria posicionou a FAB em um novo patamar tecnológico, bem como que, da salutar cooperação entre a Saab e a Embraer, certamente, será possível ao Brasil tornar-se um hub de exportação de caças supersônicos para outros países".

Estiveram presentes, ainda, o Ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho; a Ministra da Ciência, Tecnologia, Inovação, Luciana Santos; o Ministro Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, General de Exército R/1 Marcos Antônio Amaro dos Santos; o Ministro Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Costa Macêdo; o Ministro para a Defesa Civil da Suécia, Carl-Oskar Bohlin; o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Almirante de Esquadra Renato Rodrigues Aguiar Freire; o Secretário-Geral do MD, Luiz Henrique Pochyly da Costa; o Presidente da Embraer Defesa e Segurança, João Bosco da Costa Junior; e o Presidente da Saab, Micael Johansson; entre outras autoridades civis e militares.

Projeto F-X2 - O projeto F-X2 nasceu da necessidade de reequipar a Força Aérea com novos aviões de caça, para substituição dos antigos F-2000 (já desativados) e dos modelos F-5 e A-1. Em 2014, foi assinado contrato entre a FAB e a empresa Saab para a aquisição de 36 F-39 Gripen, sendo 28 unidades do tipo monoposto (um assento) e oito do tipo biposto (dois assentos). Até o momento, seis unidades foram recebidas e quatro já estão em operação, no Primeiro Grupo de Defesa Aérea (1º GDA), na Base Aérea de Anápolis, em Goiás. As duas últimas unidades chegaram ao Brasil na sexta-feira (05), no Porto de Navegantes (SC).

Conhecido por apresentar elevada eficiência, baixo custo de operação, alta disponibilidade e avançada capacidade tecnológica, o F-39 Gripen é um caça de última geração que atenderá às necessidades operacionais da FAB durante 30 anos. A aeronave é capaz de executar missões de defesa aérea, ataque e reconhecimento, como o policiamento do espaço aéreo em regiões críticas. Equipado com radar, sensor infravermelho e mísseis ar-ar, com capacidade BVR (Beyond Visual Range) e WVR (Within Visual Range), o Gripen é um sistema de armas com alta letalidade frente a eventuais ameaças aéreas.

Indústria de Defesa - A Base Industrial de Defesa (BID) participa do projeto com empresas capacitadas e que foram incluídas no pacote de compensações negociado pela Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC-FAB). Entre outros processos, a BID está presente no desenvolvimento de estruturas, sistemas e aviônicos. O programa de transferência de tecnologia é composto por cerca de 60 projetos-chave. O mais expressivo é o Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN - Gripen Design and Development Network), localizado na planta industrial da Embraer, em Gavião Peixoto (SP). Na fábrica brasileira, 15 das 36 unidades do avião serão produzidas por engenheiros e técnicos brasileiros que passaram por treinamentos teóricos e práticos na sede da sueca Saab, em Linköping. A previsão é de que o último caça seja entregue em 2027.

Por Mariana Alvarenga

Fotos: Jefferson Venancio
 

Back

Member Service

(11) 3170-1860

São Paulo - SP

Avenida Paulista, Nº 575 | 12º andar, Conjunto 1201 a 1208 - Bela Vista - Zipcode: 01311-911

All rights reserved to ABIMDE2024

We use cookies to ensure that you have the best experience on our site. If you continue to use this site, we will assume that you agree to our privacy policy.