MEDIDAS VIABILIZADORAS

Revisão maio 2018

Tema 05

Recursos Humanos

05.1 Nível Superior

Fortalecimento do Conselho Acadêmico de Defesa, do MD, e orientação da comunidade acadêmica participante do Conselho para atuar na formulação de propostas de políticas públicas relacionadas à formação, treinamento, especialização e reciclagem de recursos humanos para a defesa e segurança, em nível superior. São considerados prioridades: o reconhecimento do tema defesa e segurança como subárea de conhecimento junto às agências de fomento de pós-graduação; e o apoio a cursos e estágios de nível superior, no País e no exterior.

 

05.2 Estágios de Integração

Criação de sistema que incentive e gerencie a troca de estagiários entre os servidores e estudantes das instituições de governo, das forças armadas, dos órgãos de segurança, das empresas da BID, e das escolas, universidades e institutos de nível superior e médio do País, contribuindo para a integração governo/academia/empresas e para o aperfeiçoamento dos recursos humanos da área de defesa e segurança. São considerados prioritários os setores de pesquisa e desenvolvimento, de teste e avaliação, de engenharia, de estudos estratégicos e de gerenciamento de projetos.

05.3 Nível Médio

Ampliação dos esforços de formação, treinamento, especialização e reciclagem de técnicos das diversas especialidades necessárias ao projeto, pesquisa, desenvolvimento, inovação, produção e manutenção de produtos de defesa e segurança, no País e no exterior.

 

05.4 Escolas, Universidades e Institutos

Inserção da temática de defesa e segurança no sistema de educação nacional e esclarecimento sobre sua importância para o País. Melhoria da qualificação de recursos humanos com a criação, sustentação e fortalecimento de grupos ou centros de interesse em estudos estratégicos, gestão de programas de defesa e segurança, logística, engenharia, produtos, sistemas e economia de defesa e segurança nas principais escolas, universidades e institutos de ensino e de engenharia do Brasil.